Aeroportos de Pernambuco com mais voos em julho

Terminais do Recife, Petrolina e Fernando de Noronha passam a contar com mais frequências diretas segundo a Anac. Só na capital, incremento foi de quase 20% da malha aérea com relação a junho

O mês de julho começa trazendo expectativas positivas para o Turismo de Pernambuco. A perspectiva para a malha aérea nos próximos 30 dias consolida o status de crescimento do Aeroporto do Recife, principal porta de entrada para o Estado. Tradicional mês de férias, julho terá 5.950 voos, entre pousos e decolagens, valor que representa um aumento de 19,62% em comparação a junho. O resultado previsto para este mês é o melhor do ano até então.

Boas notícias também com relação a outros terminais do Estado: o Arquipélago de Fernando de Noronha ampliou em 14% o volume de pousos e decolagens, chegando a 228 voos; já o Aeroporto de Petrolina atingiu 261 voos, o que é 19% a mais que em junho.

Em um panorama comparativo no Nordeste, a capital pernambucana supera Salvador e Fortaleza, que projetam 4.038 e 2.729 voos, respectivamente. Na média diária, o Recife terá 192 operações; Salvador, 130, e Fortaleza, 88. Os dados são da Anac e foram avaliados pelo Setor de Estudos e Pesquisas da Empetur.

“A onda de crescimento vista nos últimos meses segue em progressão também em julho, mês impulsionado pelas férias, o que nos leva ao melhor resultado do ano em termos da expectativa da malha aérea. Seguimos trabalhando lado a lado com as companhias aéreas, com a Aena, que administra o terminal do Recife, e com o trade turístico do Estado para seguirmos mantendo este ritmo de crescimento, que é fator crucial para que o nosso turismo recupere o fôlego e volte a gerar empregos”, destaca o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

Em recente levantamento, feito pelo portal Aeroin, a partir de dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a rota Guarulhos-Recife movimentou 537.318 passageiros entre os meses de janeiro e maio deste ano, sendo o voo mais procurado do País no acumulado dos cinco primeiros meses do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *