Bolsonaro diz que aumento de queimadas na Amazônia pode ser ação criminosa

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (21) que o aumento de queimadas registrado nos últimos dias na Amazônia pode ser resultado de ação criminosa.

“Acabamos com repasses de órgão públicos para ONGs, de modo que esse pessoal está sentindo a falta do dinheiro. Então, pode estar havendo ação criminosa desses ‘ongueiros’ para chamar atenção contra a minha pessoa, contra o governo do Brasil. Essa é a guerra que estamos enfrentando”, disse o presidente.

Para Bolsonaro, as doações ao Fundo Amazônia, assim como o incentivo à demarcação de terras indígenas e ao aumento de áreas de reserva ambiental, são formas de comprar à prestação a soberania. “As demarcações não são para proteger o índio, mas para deixar intacta a maior parte possível dessa área para que, no futuro, outros países venham nos explorar”, disse.

O presidente ainda questionou o verdadeiro interesse da ajuda ao Brasil. “Eles não querem ajudar, todo mundo sabe que não tem amizade entre países, tem interesses”, pontuou.

Deixe uma resposta