Category «Cabo de Santo Agostinho»

Hospitais do Cabo ganham reforço na produção de oxigênio

A Secretaria de Saúde do Cabo de Santo Agostinho iniciou a instalação de novas usinas de oxigênio nos hospitais da cidade. O sistema vai ampliar a capacidade de produção do gás, num momento de maior demanda por causa da pandemia do novo coronavírus.

“Houve um aumento de consumo de oxigênio e, por isso, estamos montando novas usinas para as quatro unidades de saúde do município”, explicou a superintendente de Atenção à Saúde do Cabo, Deysiane Maria da Silva.

Os primeiros torpedos de armazenamento de gás chegaram nesta terça-feira (22) e já foram instalados no Hospital Mendo Sampaio, referência no município no atendimento aos pacientes de covid-19.  Os novos equipamentos serão instalados, em seguida, nos hospitais municipais Jamaci de Medeiros, Hospital Infantil e na Maternidade Padre Geraldo, em Ponte dos Carvalhos.

“Todos os hospitais vão aumentar a sua capacidade atual de três metros cúbicos de oxigênio”, explica Deysiane. O Mendo Sampaio passa a ter uma capacidade de produção de 18 m³, enquanto o Jamaci de Medeiros, o Hospital Infantil e a Maternidade passam a ter 9 m³ de capacidade.

Segundo Deysiane, o Mendo Sampaio terá a maior potencial porque é referência no atendimento aos pacientes de covid-19. A unidade  hospitalar possui 20 leitos dedicados ao atendimento de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Com mais oxigênio disponível, o Mendo passa de cinco para oito o número de leitos semi-críticos, usados para estabilizar pacientes que estejam na fila de espera para entrar nas UTIs do Estado. O hospital mantém oito leitos de internamento e outros quatro de retaguarda no atendimento Covid-19.