Category «Iguaracy»

Operação desbarata esquema de roubos, furtos e adulteração de veículos em Iguaracy

A Policia Civil deflagrou, na manhã de ontem (28), a Operação Osmose. A Policia Militar e o Instituto de Criminalística (IC) atuaram de forma conjunta. As informações são do Blog do Nill Júnior.

A operação foi coordenada pelo delegado regional Ubiratan Rocha e contou com a participação de 30 agentes, policias e peritos. O objetivo foi combater crimes de roubo, furto, adulteração de veículo, receptação e posse e porte ilegal de armas de fogo.

Houve o cumprimento de mandados de busca e apreensão autorizados pelo Poder Judiciário. Veículos adulterados, dispositivos eletrônicos, placas e itens para adulteração foram apreendidos na operação. Também foi apreendida uma arma de fogo.

Os detalhes da operação serão apresentados em momento oportuno.

Prefeito de Iguaracy é recebido pelo presidente da Funasa

O prefeito de Iguaracy, Zeinha Torres, foi recebido, na manhã desta quarta (28), pelo presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), coronel Giovane Gomes da Silva.

“Na ocasião, entregamos a ele o mapeamento para as melhorias Habitacionais e Erradicação das Casas de Taipa no município de Iguaracy. O mapeamento foi realizado seguindo a metodologia e dados utilizados pela secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social e incrementado com informações adicionais para conseguirmos ter uma visão macro da realidade existente no município. Ao todo, foram mapeadas 87 famílias, em 17 localidades”, disse o gestor.

Zeinha Torres esteve acompanhado da primeira dama Mary Delanea e da secretária de Desenvolvimento e Assistência Social, Juliany Rabêlo.

Iguaracy está há 23 dias sem notificar casos graves da Covid-19

O município de Iguaracy está há 23 dias sem notificar casos de pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por Covid-19.

A redução nas notificações é creditada a ampliação da vacinação da população. “As vacinas contra a Covid-19 reduzem consideravelmente as chances da pessoa imunizada desenvolver quadro grave ou evoluir para o óbito já na sua 1° dose”, explicou a Secretaria de Saúde.

A pasta ressaltou que mesmo imunizadas, as pessoas devem manter as medidas sanitárias, tendo em vista que a proteção não é 100%.

Operação localiza maior plantação de maconha já vista no Pajeú

Blog do Itamar

Policiais militares do 23º BPM participaram de uma operação, na manhã de ontem (8), para erradicar uma plantação de maconha na Zona Rural de Iguaracy.

Informações dão conta de que a droga estava sendo cultivada em quase quatro hectares de terra na região da Mata Grande. No local, foram erradicados cerca de 750 mil pés de maconha.  Foi a maior plantação da droga já localizada na região do Pajeú.

Durante a operação, foi encontrada uma casa desocupada onde havia materiais de higiene, colchões e uma quantidade da erva pronta para o consumo, totalizando 78 quilos.

A plantação foi incinerada no local e nenhum responsável foi localizado.

Iguaracy recebe ônibus escolar adquirido com emenda de Renildo Calheiros

O prefeito de Iguaracy, Zeinha Torres, esteve no Recife, ontem (5), para receber um ônibus escolar adquirido com emenda do deputado federal Renildo Calheiros.

“Hoje foi o dia de receber esse ônibus, e de agradecer mais uma vez ao deputado federal Renildo Calheiros por essa emenda que tanto vai beneficiar nossos alunos”, disse Zeinha em uma rede social.

O gestor ainda informou que em breve o veículo estará realizando o transporte dos alunos para as unidades da Rede Municipal de Ensino.

Vereador causa transtornos na Unidade Mista de Saúde de Iguaracy e acaba detido pela polícia

Blog TV Web Sertão

O vereador iguaraciense de nome Juciano chegou na manhã desta sexta (2) na Unidade Mista de Saúde conduzindo um paciente. Após ter passado pela triagem e ser encaminhado para o Hospital Regional, o paciente ainda perguntou se Juciano o iria acompanhar, mas ao que tudo indica, a ida do vereador ao hospital foi com outros interesses, o de causar transtorno e constrangimento aos servidores e pacientes que estavam no local.

O vereador, munido de um aparelho de celular começou a filmar todo o ambiente, os funcionários e inclusive os pacientes que estavam no local, (alguns cobriram o rosto para não sair no vídeo), ele entrou nas dependências gravando os cômodos, inclusive chegou a filmar uma das funcionárias no exercício de sua função, isto mesmo sem que esta estivesse cometendo qualquer tipo de irregularidade ou algo ilícito, a funcionária de nome Maria da Conceição, que é enfermeira, ainda pediu para não ser filmada, porém, o vereador continuou com a investida divulgando a imagem desta ao vivo na internet, causando assim constrangimentos a sua pessoa.

O vereador seguiu com as investidas, invadindo as repartições, em uma das salas, como havia um paciente internado, a enfermeira para preservá-lo de qualquer inconveniente tentou evitar a entrada do vereador, mas Juciano em voz alta e tom arrogante utilizou dos termos “então me proíba, chame a Polícia!”. Para não se estender muito a matéria, o vereador realmente teve que ser contido pela Polícia, sendo conduzido a Delegacia para prestar esclarecimentos de sua conduta, ao mesmo tempo em que as funcionárias foram também registrar formalmente um queixa contra o acusado. Para piorar ainda mais a situação, no momento em que as servidoras estavam indo para a Delegacia, o vereador partiu para a humilhação, dizendo que as mesmas eram alienadas, que só estavam fazendo isto porque eram funcionárias de prefeitura, que cidade pequena era assim mesmo e que estavam babando prefeito.

Segundo Rayanne, que é técnica em enfermagem, o fato só foi parar na Delegacia de Policia porque o vereador ao invés de chegar com a educação, a polidez e o respeito que deveria existir em um parlamentar, investiu contra os funcionários falando alto, com grosseria, e ainda por cima, expondo suas imagens na internet como se estivessem fazendo algo de errado, estavam no local apenas trabalhando e o vereador chegou e causou todo este transtorno.

Juciano além de gravar parte da live com a máscara no queixo, desobedecendo as normas sanitárias vigentes, principalmente por estar dentro de um hospital, ainda se recusou a parar de filmar no momento da abordagem e revista policial, tendo a polícia que utilizar-se de meios adequados para ter a ordem obedecida.