Category «Recife»

Recife chega a mais de 60% da população adulta vacinada contra a Covid-19

O Plano Recife Vacina alcançou, nesta sexta-feira (9), mais uma marca importante: 60,55% dos recifenses a partir de 18 anos já receberam pelo menos uma dose da vacina anticovid. Atualmente, a cidade possui 1.237.614 adultos aptos a serem vacinados pelo Plano Nacional de Operacionalização Vacinação contra a Covid-19 e 748.464 deles já tomaram o imunizante. Com esse número, a cidade continua acima da média nacional de imunização, que atualmente está em 38%.

No total, 25% da população vacinável ( cerca de 310 mil pessoas)  já estão com esquema vacinal completo – com duas doses do imunizante ou com a dose única da vacina Janssen. Na cidade, todos os grupos prioritários e os munícipes com 37 anos ou mais já estão recebendo a vacina.

Investindo em inovação tecnológica, a Prefeitura do Recife optou por oferecer um sistema 100% digital para realizar cadastro e agendamento da população elegível para receber a vacina contra a Covid-19: o Conecta Recife (http://conectarecife.recife.pe.gov.br). Dessa forma, a utilização da plataforma garante uma gestão eficiente do controle de estoque e demanda dos imunizantes, evitando, por exemplo, o desperdício de doses, a suspensão do serviço, aglomeração e filas nos centros de vacinação.

Paulo Câmara firma convênio com a Prefeitura do Recife para regularizar imóveis urbanos

O governador Paulo Câmara anunciou, nesta sexta-feira (09.07), uma parceria com a Prefeitura do Recife para regularizar imóveis oriundos de ocupações. O convênio firmado terá um investimento de R$ 9 milhões e concederá 50 mil títulos de posse, por meio dos programas Propriedade Legal, do Governo do Estado, e o A Casa é Sua, da Prefeitura do Recife, assegurando cidadania aos recifenses que vivem nessa situação de instabilidade da moradia.

“Através desse convênio, vamos garantir a propriedade, com escritura certificada no cartório. Isso tem um simbolismo muito grande e muita utilidade para quem recebe. É a garantia dos direitos. É poder, por exemplo, acessar um crédito e também garantir que aquele imóvel ninguém tira, e pode ser repassado para os seus filhos e seus netos”, afirmou Paulo Câmara.

Por meio da Pernambuco Participações e Investimentos S.A. – Perpart, o Governo do Estado vai providenciar a documentação dos imóveis e o cadastramento social das famílias ocupantes das unidades passíveis de regularização. Além disso, também realizará o levantamento topográfico georreferenciado de cada área a ser regularizada. Já à Prefeitura do Recife caberá processar, analisar e aprovar os projetos de regularização fundiária. Em conjunto, Prefeitura e Estado entregarão os títulos de propriedade. Nos 12 meses iniciais, a previsão é entregar 15 mil escrituras, mas a meta do município é que sejam concedidas 50 mil escrituras até 2024.

“A prefeitura tem uma parte das áreas que serão regularizadas, e o Estado tem outras. Com isso, a gente unifica tudo em um esforço conjunto. Também estamos enviando, no âmbito do município do Recife, uma lei para garantir que nenhuma família de baixa renda receba cobrança de IPTU. Estamos fazendo isso para garantir que as famílias terão direito à sua casa, uma escritura registrada, e que esse patrimônio é da família e ninguém toma”, detalhou o prefeito do Recife, João Campos.

O diretor-presidente da Perpart, Nilton Mota, destacou que a ação promoverá a recuperação dos direitos das famílias beneficiadas e, futuramente, esse modelo será ampliado para todo o Estado. “As 184 cidades, a partir do Recife, terão oportunidade de trabalhar esse quesito, fazendo parcerias importantes. Esse movimento é baseado em uma determinação do governador Paulo Câmara para que possamos atender todos os pernambucanos nessa situação”, disse. Também participaram do anúncio o deputado federal Danilo Cabral e o secretário de Planejamento, Gestão e Transformação Tecnológica do Recife, Felipe Matos.

Morre mulher trans que teve 40% do corpo queimado no Recife

Faleceu na manhã desta sexta (9), no Hospital da Restauração, a mulher trans que teve 40% do corpo queimado por um adolescente. O caso ocorreu na madrugada do dia 24 de junho, nas proximidades do Terminal de Ônibus do Cais de Santa Rita, no Recife.

De acordo com o HR, Roberta da Silva teve falência respiratória e renal. A equipe médica chegou a realizar hemodiálise, mas a paciente não reagiu. Ela ainda teve um braço completamente amputado e parte do outro devido à gravidade dos ferimentos.

O ataque contra Roberta ocorreu quando ela dormia. O adolescente teria jogado álcool e ateado fogo. Ele foi apreendido em flagrante e aguarda sentença.

Recife antecipa prazo de segunda dose da Astrazeneca

Como forma de acelerar o processo de vacinação contra a Covid-19 na cidade, a Prefeitura do Recife lançou mão de mais uma estratégia: a antecipação do prazo de aplicação da segunda dose do imunizante da Astrazeneca. Com isso, a partir de hoje, os moradores do Recife que já tiverem tomado a primeira dose dessa vacina há, pelo menos, 60 dias terão a possibilidade de completar o seu esquema vacinal em um período mais curto. Na capital pernambucana, aproximadamente 90 mil pessoas já estão aptas a receber a dose de reforço nesse prazo.

“Vamos acelerar a imunização, quem tomou Astrazeneca vai poder receber a 2ª dose a partir de 60 dias após a 1ª dose. Dessa forma a gente vai conseguir ter mais recifenses com o esquema vacinal completo antes do prazo previsto”, declarou o prefeito. A sugestão de antecipação desse prazo foi apresentada pela gestão municipal ao Comitê Técnico Estadual de Vacinação de Pernambuco e aprovada pela Comissão Intergestores Bipartite Estadual de Pernambuco (CIB/PE), em reunião na última segunda (5).

De acordo com a Fiocruz, que produz a vacina Astrazeneca no Brasil, a segunda dose do imunizante pode ser administrada em um intervalo de quatro a 12 semanas (entre 30 e 90 dias) após a primeira dose. Sendo assim, a antecipação da dose de reforço para 60 dias não compromete a eficácia da vacina. Atualmente, 88.069 pessoas já podem receber a segunda dose da vacina Astrazeneca. É importante salientar que essa antecipação está condicionada à disponibilidade do imunizante no estoque da Prefeitura.

Quem estiver apto a receber a segunda dose do imunizante a partir dos 60 dias, no Recife, receberá uma mensagem de texto ou e-mail com alerta para agendar a dose pelo site ou aplicativo do Conecta Recife. O agendamento já estará aberto 21 dias antes da data que marca os sessenta dias da aplicação da primeira dose, permitindo que os munícipes possam escolher datas e locais com antecedência e tranquilidade.

“Tomar essa decisão foi a forma que encontramos para dar agilidade ao processo de vacinação na nossa cidade. Queremos o maior número de pessoas com o esquema vacinal completo o mais rápido possível e de forma segura”, destaca a secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque.

Para receber a dose de reforço, é preciso realizar o agendamento através do site www.conectarecife.recife.pe.gov.br ou do app Conecta Recife, que está disponível gratuitamente na PlayStore, para Android, e AppStore, para quem utiliza o sistema iOS. No dia escolhido para a vacinação, é necessário apresentar o cartão de vacina.

Manifestantes vão às ruas do Recife contra Bolsonaro

 Folha de Pernambuco

Manifestantes políticos foram às ruas contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na manhã de hoje, no Recife. Com concentração na Praça do Derby, área central da cidade, movimentos sociais, centrais sindicais e estudantes se reuniram ao movimento nacional 3J para protestar contra o Governo Federal.

Por volta das 10h, os manifestantes saíram da Praça do Derby em direção à Avenida Conde da Boa Vista, sentido Praça da Independência, no bairro de Santo Antônio, no Centro do Recife. Gritos e cartazes como “Fora Bolsonaro”, “Bolsonaro genocida”, “Bolsonaro vai cair”, “Queremos greve geral” fizeram coro em uma das principais avenidas do Recife. Militantes também usaram a bandeira do Brasil durante o protesto.

Durante o ato, houve chuva, mas não impediu que os militantes seguissem. Ciclistas e grupos indígenas também participaram do ato. Lideranças e parlamentares marcaram presença no protesto, como o deputado Humberto Costa (PT), a deputada federal Marília Arraes (PT), o deputado estadual João Paulo Lima (PCdoB) e os vereadores do Recife, Dani Portela e Ivan Moraes, ambos do PSOL.

João Campos discute investimentos em infraestrutura no Recife com presidente da Caixa

Construir uma cidade melhor para cada recifense passa pela articulação de parcerias que tragam recursos para as intervenções que o Recife precisa. Pensando nisso, o prefeito João Campos esteve reunido nesta terça (22), em Brasília, com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e com o senador Fernando Bezerra Coelho, para discutir projetos de melhoria da infraestrutura da capital pernambucana.

“Me reuni, há pouco, com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e com o senador Fernando Bezerra Coelho para discutir importantes projetos para o Recife.  Na pauta, ações para a melhoria da infraestrutura da cidade, com a ampliação de nossas parcerias com o banco público”, disse João Campos.

O pleito inclui a construção de conexões que encurtem distâncias físicas e socioeconômicas, valorizando o pedestre, o ciclista e o entorno de áreas importantes da cidade.

O prefeito conversou sobre iniciativas como as obras da II Perimetral, entre a Avenida Abdias de Carvalho e o Viaduto do Parnamirim, que estão em andamento; a Radial Sul, que está com projeto básico concluído e fará a ligação entre a Avenida Recife e a BR-101; o binário Jean Emile Favre, que tem projeto executivo concluído e ligará a Avenida Mal Mascarenhas de Morais e a Avenida Recife.

Na pauta estiveram ainda projetos que estão para iniciar, como as conexões Areias-Imbiribeira, que liga as Avenidas Mal. Mascarenhas de Morais e Recife; Cordeiro-Casa Forte, conectando as Avenidas Caxangá e Dezessete de Agosto; e Areias-Caçote, com a ligação entre a Radial Sul e Av. Dr. José Rufino.

Agentes de Conciliação garantem tranquilidade em motociata neste domingo

Os profissionais das cinco secretarias do Governo de Pernambuco, que compõem a Mesa Permanente de Articulação com a Sociedade Civil, garantiram a realização de motociata de forma pacífica neste domingo (20), na Região Metropolitana do Recife. O movimento saiu de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, e percorreu a Avenida Agamenon Magalhães, em direção ao município de Olinda. No último sábado (19), os Agentes de Conciliação do Estado já haviam marcado presença em outra manifestação. Ambos os eventos aconteceram sem intercorrências.

Apesar de atos como esse continuarem suspensos no Estado, em razão das medidas sanitárias necessárias para prevenção da Covid-19, o Poder Executivo estadual realizou, durante toda semana, negociações com o objetivo de garantir a segurança e organização das atividades.

Para o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes, os diálogos da Mesa Permanente de Articulação com a Sociedade Civil foram fundamentais para a preservação da segurança e integridade dos manifestantes. “O objetivo do Governo de Pernambuco é a garantia dos direitos de ir e vir da sociedade, mas sem deixar de pontuar que essas atividades ainda estão suspensas em razão da pandemia mundial. O ideal é que esses atos não sejam realizados, para que possamos evitar aglomerações e disseminação do coronavírus, mas sendo realizado, que seja feito de uma forma segura e pacífica”, afirmou.

Além da pasta de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, outras quatro secretarias que compõem a Mesa de Articulação são Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, Defesa Social, Casa Civil e Justiça e Direitos Humanos. Além disso, fazem parte das reuniões ainda representantes do Ministério Público e dos movimentos sociais.

João Campos lança programa para inclusão social de população em vulnerabilidade

“Nós podemos impactar a vida de cada recifense ao dar uma oportunidade”, foi com essas palavras que o prefeito João Campos lançou o Programa Recife Acolhe, na manhã desta segunda-feira (14). A iniciativa visa dar a chance de recomeço para pessoas em vulnerabilidade social e combater a desigualdade social por meio da promoção de oportunidades. A ação, que faz parte de compromisso assumido pelo prefeito João Campos, contará com ações conjuntas das Secretarias municipais e empresas para garantir ampliação dos serviços, moradia, segurança alimentar, empregabilidade, doações e ações institucionais. Algo novo e moderno sem referências consolidadas no nosso país.

”A gente hoje lança o Recife Acolhe, uma espécie de programa guarda-chuva para muita ação que a gente já começou a fazer, e muitas outras como vocês viram,  porque são seis eixos. E nós vamos lançar ações nesse primeiro ano e intensificar as iniciativas ao longo dos quatro anos. A gente tem como maior problema da nossa cidade, longe do segundo, a imensa desigualdade social que assola o Brasil, que assola o Recife, que dentro de cada bairro da nossa cidade também é muito presente. E a única forma efetiva de a gente poder enfrentar isso é ter muita coragem nas decisões a serem tomadas”, analisou João Campos.

“Quando a gente hoje anuncia o lançamento de edital para poder contratar 200 vagas de hotel, de pousada, de instituições que estão na nossa cidade, e que podem cumprir com esse papel social, e a Prefeitura bancando isso, a gente quer criar uma rede de solidariedade em que a gente possa engajar as pessoas da cidade. Então, hoje a gente lança esse edital para contratação de 200 vagas para serem custeadas 100% pelo município, pra gente poder garantir um conforto para as famílias, para as pessoas que estão na nossa cidade”, reforçou João Campos.

Entre as medidas anunciadas, também estão a reabertura do restaurante Popular Naíde Teodósio, que será reaberto até o final do mês em novo endereço. O equipamento, inaugurado em dezembro de 2019 em Santo Amaro, teve o funcionamento suspenso para respeitar os protocolos sanitários exigidos em plena pandemia. Com isso, a capacidade de fornecimento de refeições foi concentrada no Restaurante Popular Josué de Castro, que fica no bairro de São José, ofertando 1700 refeições diariamente.

João Campos entrega encosta protegida no Brejo da Guabiraba

Nesta sexta (10), o prefeito João Campos entregou mais uma obra de contenção definitiva de encostas, desta vez no Brejo da Guabiraba, na Zona Norte da Cidade. Os serviços, executados pela Autarquia de Urbanização do Recife (URB), foram fruto de um investimento na ordem de R$1,1 milhão e beneficiam diretamente mais de 60 famílias da região.

“A gente está aqui na Guabiraba vistoriando esta obra que foi concluída recentemente pela Prefeitura. Aqui são várias famílias beneficiadas, que têm agora a garantia da segurança de poder morar na sua casa. A gente sabe que o Recife tem muitas barreiras, muitas estão neste momento em execução de obra de contenção e muitas outras ainda serão feitas. O importante é a gente não parar nunca e estar sempre trabalhando para poder realizar obras como essa”, defendeu João Campos.

As obras incluíram serviços de drenagem (90 metros), instalação de 630m² de tela argamassada, 50 metros de corrimão, construção de 300 m² de passeios públicos, 75 metros de mureta de proteção e muro de arrimo também de 75 metros. A obra foi iniciada em abril do ano passado e os recursos são provenientes do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento