Grupo de trabalho pode concluir análise do pacote anticrime nesta terça

O grupo de trabalho que analisa o pacote anticrime proposto pelo Ministério da Justiça e por uma comissão de juristas liderada pelo ministro Alexandre de Morais pode concluir hoje (24) a análise do relatório do deputado Capitão Augusto.

A reunião será dedicada a análise das emendas supressivas que pretendem excluir pontos propostos pelo relator. Nas últimas reuniões, foram discutidas e votadas as emendas que pretendiam modificar o texto e as que pretendiam acrescentar dispositivos.

A expectativa é que em seguida à conclusão da análise das propostas pelo grupo, os deputados se reúnam com líderes partidários para definir como encaminhar os projetos sugeridos à votação.

O chamado excludente de ilicitude, como é conhecido ato praticado por policial que alega legítima defesa, é um dos pontos polêmicos pendentes de votação no grupo de trabalho. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, voltou a pedir cautela na análise do tema.

A morte da menina Ágatha Félix de apenas 8 anos em uma comunidade no Rio de Janeiro reacendeu o debate sobre o assunto. Segundo moradores, policiais militares atiraram contra uma moto que passava pelo local e o tiro atingiu a criança.

Deixe uma resposta