Queimadas na Amazônia e política ambiental do governo Bolsonaro são criticadas por deputados

O avanço de queimadas na região amazônica e a política ambiental do governo Bolsonaro foram alvo de críticas no Plenário da Câmara dos Deputados.

Integrante da Frente Parlamentar Ambientalista, o deputado Airton Faleiro afirmou que o grupo e a Comissão de Meio Ambiente da Câmara receberam nesta quarta (21) um abaixo-assinado com mais de 1 milhão de brasileiros pedindo providências do Congresso para garantir a preservação da Amazônia.

O parlamentar destacou que os agricultores que aderirem à política de degradação poderão ser prejudicados no cenário internacional. “Essa é uma canoa furada, que vai levar o Brasil a perder contratos no exterior. Somos defensores de uma política equilibrada do ponto de vista social e ambiental”, disse.

O temor de um eventual boicote internacional e o impacto da nuvem de fumaça resultante das queimadas também levou o deputado José Nelto a sugerir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as queimadas na Amazônia.

Deixe uma resposta