Relator tira BPC da reforma da Previdência e propõe inclusão de estados e municípios

O relatório apresentado pelo senador Tasso Jereissati retirou pontos considerados prejudiciais aos mais carentes e sugeriu texto paralelo para contemplar a inclusão de estados e municípios na reforma da Previdência.

Tasso procurou contemplar parte dos pedidos de alteração dos senadores. Foram mais de 150 emendas apresentadas. Entre elas, a eliminação de todos os trechos da PEC que tratavam do Benefício da Prestação Continuada (BPC).

“Em resumo, não é possível conceber um endividamento ilimitado para o Tesouro. Mas também não é possível compactuar com injustiças. Há que promovermos correções. Essas correções devem ser de baixo para cima, do piso da pirâmide para o alto da pirâmide. Nosso foco tem de ser em beneficiar os mais vulneráveis”, defendeu o parlamentar.

Na proposta paralela, Tasso ainda sugeriu a criação de novas fontes de financiamento para a seguridade social.

Deixe uma resposta