TCE imputa débito a ex-presidente da Câmara de Vereadores de São José do Egito

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE) julgou nesta quinta-feira (19) Auditoria Especial realizada na Câmara Municipal de São José do Egito objetivando analisar os atos de gestão da Mesa Diretora durante o exercício financeiro de 2016.

À unanimidade, o Colegiado julgou irregular as contas objeto da Auditoria Especial e imputou débito ao então presidente José Vicente de Souza, assim como aos diretores financeiros Marcos Antonio de Souza Costa e Rodrigo Henrique Veras Castelo Branco.

A Segunda Câmara ainda aplicou multa e fez determinações.

Deixe uma resposta