TJPE firma convênio com a Alepe para promover ação de saúde para adolescentes

Minimizar a vulnerabilidade de adolescentes em liberdade assistida. Esse é o objetivo do programa social Alepe Cuida, que foi oficializado por meio de convênio assinado entre o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e a Assembleia Legislativa do Estado (Alepe).

A assistência dos adolescentes será realizada na Superintendência de Saúde e Medicina Ocupacional da Alepe. No local, os jovens receberão atendimento médico, odontológico e laboratorial. Eles estão inseridos em programas socioeducativos em meio aberto na 3ª Vara da Infância e Juventude da Capital. O encaminhamento será feito pelo Juízo da unidade judiciária.
 
“Oferecer mais saúde e a perspectiva da conquista de um emprego como fazemos por meio de outras iniciativas representa uma grande diferença na vida dessas pessoas, viabilizando uma mudança de realidade”, afirmou o presidente do TJPE, desembargador Adalberto de Oliveira Melo.
  

O presidente da Alepe, Eriberto Medeiros, afirmou que o convênio é mais uma parceria relevante com o Judiciário. “Parece uma ação mínima, mas, para a população carente e especificamente os adolescentes em situação de vulnerabilidade que têm muita dificuldade de acesso à saúde, essa parceria faz uma grande diferença”, frisou.

Deixe uma resposta