Adagro reforça importância da vacinação contra aftosa

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro), autarquia vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), alerta os pecuaristas que o prazo final de vacinação contra febre aftosa termina em 30 de novembro. Na segunda etapa, o objetivo é imunizar 665 mil bovinos e bubalinos de zero a 24 meses, mas até o momento 45% do rebanho pernambucano, nessa faixa-etária, foi imunizado.

Além de vacinar, o produtor tem que declarar 100% do seu rebanho, incluindo os animais que morreram e/ou nasceram. A declaração é obrigatória e deve ser realizada até 15 de dezembro nos escritórios da Adagro ou pela internet, no Sistema de Integração Agropecuária (Siapec 3) que pode ser acessado via aplicativo ou no site www.adagro.pe.gov.br.

“Lembramos que Pernambuco deve alcançar os 90% de cobertura estabelecidos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para manter o status de área livre de aftosa com vacinação. Quem não vacina e não declara paga multa e não pode transitar com seu rebanho”, reforça o presidente da Adagro, Paulo Roberto Lima.

Na primeira etapa da vacinação contra aftosa que ocorreu entre maio e julho, o Estado ultrapassou o percentual registrando 93,66% de cobertura vacinal apesar das restrições causadas pela pandemia da Covid-19.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.