Azul inicia rota entre Recife e Araripina

A base de operações da Azul em Araripina inaugurou o voo comercial entre a cidade e o Recife nessa quarta (19). O evento de lançamento da rota teve batismo da aeronave na chegada a Araripina e a presença de executivos da Azul e do Governo do Estado. O voo partiu do Aeroporto Internacional do Recife às 9h e pousou em Araripina às 11h30. No sentido inverso, a decolagem ocorreu de Araripina às 13h30 e o pousou na capital às 16h10.

As ligações entre os aeroportos de Araripina e do Recife serão operadas pela Azul Conecta, por meio dos aviões monomotores turboélice Cessna Grand Caravan, com capacidade de nove lugares. “Com a inclusão deste novo destino, beneficiaremos não somente os pernambucanos, como também atrairemos mais clientes do Brasil inteiro para desfrutar do potencial turístico que a cidade possui”, destacou o diretor de Relações Institucionais da Azul, Fábio Campos.

“O novo equipamento vai fomentar o crescimento econômico local, intensificando a geração de novos negócios na região do polo gesseiro”, completou a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco, Fernandha Batista.

Com Araripina, a Azul chega a sete aeroportos em que atua no Estado: Caruaru, Fernando de Noronha, Garanhuns, Petrolina, Serra Telhada e a capital, Recife, principal centro de operações da empresa no Nordeste.

Os voos regulares entre os aeroportos de Araripina e do Recife contarão com horários diferenciados. Durante o mês de outubro, as viagens ocorrerão sempre às segundas, quartas e sextas. Com saídas do Aeroporto do Recife às 11h05 e chegada em Araripina às 13h35. No sentido inverso, os voos sairão de Araripina às 14h e retornarão ao Recife às 16h40.

Já a partir do dia 1º de novembro, a frequência de voos muda para as terças, quintas e sábados. Com saídas do Aeroporto do Recife às 7h35 e chegada em Araripina às 10h05. No sentido contrário, os voos sairão de Araripina às 10h30 e terão pouso programado para as 13h10.

Aeroporto de Araripina receberá voos comerciais após requalificação

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta sexta (16), o início das vendas de passagens aéreas em voos comerciais para o Sertão do Araripe. A rota Recife-Araripina começa no próximo dia 19 de outubro e será operada três vezes por semana pela Azul Conecta, braço regional da Azul Linhas Aéreas. Para possibilitar essa operação, o Estado realizou diversas intervenções no Aeroporto de Araripina, com investimento total de R$ 6,2 milhões.

Os serviços realizados no aeroporto contemplaram a instalação de um novo terminal de passageiros provisório, incluindo as salas de embarque e desembarque, setor administrativo e banheiros; e a construção do muro de segurança do aeródromo. Anteriormente, já tinham sido executadas a restauração do pavimento e sinalização horizontal da área de movimento das aeronaves, incluindo a pista de pouso e decolagem, via de taxiamento e pátio.

“Desde 2019, nós já investimos R$ 26 milhões na aviação regional. Agora, Pernambuco conta com aeroportos atendidos por voos comerciais em Caruaru, Garanhuns, Serra Talhada, Petrolina e Araripina, além do Recife e de Fernando de Noronha. Nosso objetivo é encurtar distâncias e facilitar a vida dos pernambucanos e dos visitantes”, ressaltou o governador Paulo Câmara, durante pronunciamento. 

De acordo com a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, a expectativa é de que, até o final de 2022, os investimentos na aviação regional alcancem o valor de aproximadamente R$ 55,2 milhões. “O novo modal vai fomentar o turismo e a geração de negócios na região, especialmente de produtos derivados do gesso, principal fonte de renda local”, completou. 

A base de Araripina vai reforçar o transporte aéreo regional, que já conta com os terminais Oscar Laranjeira, em Caruaru; o Santa Magalhães, em Serra Talhada, que completará dois anos de operações em novembro; o Aeroporto de Fernando de Noronha e o Aeródromo de Garanhuns, que entrou em funcionamento em julho deste ano.

A demanda de voos saindo e chegando de Caruaru e Serra Talhada representou 15.182 passageiros transportados entre novembro de 2020 e agosto deste ano. Na Capital do Agreste, 6.450 pessoas utilizaram a malha aérea nesse período e, na cidade do Sertão do Pajeú, o modal foi escolhido por 8.732 passageiros. Já em Garanhuns, nos dois primeiros meses de operação, usaram o transporte aéreo 216 pessoas.

Araripina celebra 94 anos com inaugurações e eventos culturais e esportivos

A Prefeitura de Araripina realiza entre os dias 7 e 11 de setembro a Semana do Município em alusão aos 94 anos de emancipação política. Uma vasta programação foi montada com inaugurações, eventos culturais e esportivos e muito lazer para a população.

A programação inicia com o hasteamento dos pavilhões na sede da prefeitura e a inauguração do Paço Municipal Francisco da Rosa Muniz (Chico Cícero), uma homenagem ao emancipador e primeiro prefeito do município entre os anos de 1932 a 1934.

Na quinta (8), o município inaugura a reforma e ampliação da escola municipal Professora Maria Luzanira Muniz Ramos que será entregue à comunidade escolar a partir das 16h. Em seguida, acontece o Festival de Bandas e Farfarras com a participação de 11 agremiações musicais.

Na sexta (9), começa a Sertões Race no Parque Três Vaqueiros. Uma promoção esportiva da Prefeitura de Araripina em parceria com o setor privado que vai reunir cerca de 600 ciclistas nacionais e estrangeiros em três dias de prova pela zona rural do município. Foi realizado um concurso de redação com os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e as três melhores redações irão receber premiações

Já no sábado (10), será a abertura do Campeonato Araripinense de Futebol que terá a participação de 38 equipes representando todos os distritos e bairros da cidade. As fases preliminares serão realizadas em diversos campos reformados pelo município e as fases finais serão no Estádio Chapadão do Araripe que terá a inauguração do novo gramado para a prática esportiva.

A programação termina no domingo (11) com a realização do desfile cívico pelas ruas da cidade. Após dois anos sem o evento devido à pandemia da Covid-19, o tradicional desfile terá a participação de mais de 2.000 integrantes divididos em oito blocos com os temas que contam a história de Araripina por meio da religiosidade, educação, economia, cultura, esporte, saúde e personalidades além de 20 bandas marciais e instituições de ensino municipais, estaduais e privadas.

Durante o desfile também acontece a abertura do I Festival de Palhaços de Araripina, que segue até o dia 18 com apresentações de espetáculos, atividades formativas, mesas redondas, exposições fotográficas, homenagens, lançamentos de livros e shows de palhaçaria.

Rolar para o topo