Brasil vence Coreia do Sul e se classifica para as quartas de final da Copa do Catar

O Brasil garantiu classificação para as quartas de final da Copa do Catar após derrotar a Coreia do Sul por 4 a 1 na tarde desta terça (5).

Os gols da seleção brasileira foram marcados ainda no primeiro tempo por Vinícius Júnior, Neymar, Lucas Paquetá e Richarlison, enquanto que Paik Seung-Ho descontou para os coreanos na etapa final.

O time de Tite enfrenta a Croácia na próxima sexta (9) pelas quartas de final da competição. 

Tite usará equipe alternativa diante de Camarões

O técnico Tite deixou claro em entrevista coletiva que usará uma equipe alternativa na partida contra Camarões pela terceira rodada do Grupo G da Copa do Catar. As equipes se enfrentarão a partir das 16h desta sexta (2) no Estádio de Lusail.

A decisão foi tomada porque a seleção brasileira já está classificada para as oitavas de final do Mundial. Além disso, será uma oportunidade de realizar observações durante uma partida. “Só posso mensurar quantos atletas posso utilizar em sequência com eles produzindo em campo. É uma oportunidade de alto nível de eles competirem. É um risco? Sim, mas uma oportunidade para mostrarem toda sua qualidade”, declarou o treinador.

Para justificar a sua decisão de realizar experiências em um jogo com pontos em jogo, Tite citou o caso do atacante Rodrygo. O jogador do Real Madrid recebeu oportunidades nas duas partidas iniciais e deu provas de que pode ser uma peça importante para a equipe. “A referência do jogo é a referência importante. Não posso precipitar, o campo fala, a bola fala. Algum de vocês entendia definitivamente que o Rodrygo poderia ser utilizado tanto quanto foi. A bola fala, o campo fala! Então tenho que dar oportunidades aos atletas”.

Quem tem presença confirmada na equipe titular diante de Camarões é Daniel Alves, que participou da entrevista. Aos 39 anos de idade, o lateral se tornará o jogador mais experiente a vestir a camisa da amarelinha em um Mundial de seleções da Fifa. “Isso é motivo de orgulho, motivo de estar aqui e ainda defender a seleção. São muitos anos de história e agora é hora de encerrar o ciclo dentro da seleção brasileira jogando uma Copa do Mundo. Para mim é uma satisfação muito grande”, declarou.

Agência Brasil

Brasil inicia Copa com vitória sobre a Sérvia

A seleção brasileira venceu a Sérvia por 2 x 0, nesta quinta (24), em sua estreia pelo Grupo G da Copa do Mundo, no Estádio Lusail, com o atacante Richarlison marcando os dois gols da equipe no segundo tempo da partida.

Com a vitória na estreia, o Brasil assume a liderança do Grupo G pelo saldo de gols à frente da Suíça, que venceu Camarões por 1 x 0 mais cedo no outro jogo da chave.

Na próxima segunda (28), pela segunda rodada do Grupo G, o Brasil pega a Suíça a partir das 13h. Já Sérvia e Camarões, derrotados na primeira rodada, buscarão a reabilitação no mesmo dia, mas a partir das 7 horas.

Brasil inicia jornada pelo hexa na Copa do Catar

A caminhada do Brasil em busca do hexa começa nesta quinta-feira (24). A partir das 16h, a seleção de Tite mede forças com a Sérvia, no Estádio de Lusail, pela primeira rodada do Grupo G da Copa do Mundo.

Brasileiros e sérvios se reencontram em uma Copa do Mundo quatro anos após se enfrentarem na primeira fase da edição anterior, na Rússia. Na ocasião, a equipe canarinho venceu por 2 a 0, com gols do zagueiro Thiago Silva e do volante Paulinho.

O provável Brasil terá Alisson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva, Alex Sandro, Casemiro, Lucas Paquetá, Neymar, Vinícius Júnior (Fred), Richarlison e Raphinha. Deles, apenas Alisson, Danilo, Thiago Silva, Casemiro e Neymar já atuaram em uma Copa do Mundo. Marquinhos foi convocado em 2018, mas ficou no banco.

A equipe sérvia deve ir a campo com Vanja Milinkovic-Savic, Nikola Milenkovic, Milos Veljkovic, Strahinja Pavlovic, Andrija Zivkovic, Nemanja Gudelj, Sergej Milinkovic-Savic, Filip Mladenovic, Dusan Tadic, Alexsandar Mitrovic e Dusan Vlahovic.

Além da Sérvia, o Brasil terá Suíça e Camarões pela frente no Grupo G.

Equador vence Catar na abertura da Copa do Mundo de 2022

O Equador venceu o Catar por 2 a 0 na tarde deste domingo (20), no horário de Brasília. A partida marcou a abertura da Copa do Mundo de 2022 e foi disputada no estádio Al Bayt, em Al Khor, a aproximadamente 35 quilômetros ao norte de Doha.

Os dois gols da equipe foram marcados pelo atacante Enner Valencia. O primeiro saiu aos 15 minutos da etapa inicial através de uma cobrança de penalidade máxima. O avante deslocou o goleiro Al-Sheeb batendo de perna direita no canto esquerdo. A definição do placar ocorreu aos 30 minutos ainda do primeiro tempo. Do lado direito, Torres cruza na cabeça de Valencia. O artilheiro cabeceou para o chão e superou o arqueiro catari.

Antes disso, logo aos dois minutos de jogo, o mesmo Valencia já tinha balançado a rede. Mas o lance foi invalidado por impedimento em marcação confirmada pelo árbitro Daniele Orsato depois de auxílio do VAR Massimiliano Irrati. O detalhe é que, ainda na etapa inicial, Valencia lesionou o joelho direito e seguiu em campo sem as melhores condições físicas até os 30 minutos do segundo tempo, quando saiu para dar lugar ao volante Cifuentes.

No segundo tempo, o ritmo do jogo caiu; os equatorianos administraram a partida e os árabes não tiveram forças para alterar o placar. Com essa vitória, o Equador lidera o grupo A da Copa do Mundo com 3 pontos. A rodada inicial da chave será completada nesta segunda (21) com o jogo entre Senegal e Holanda, a partir das 13h, em Al Thumama, na cidade de Doha.

Além dessa partida, a Copa do Mundo terá ainda outros dois jogos amanhã. Pelo grupo B, Inglaterra e Irã se enfrentam a partir das 10h no Internacional Khalifa e os Estados Unidos pegam a equipe do País de Gales no estádio Ahmad Bin Ali às 16h. O Equador volta a campo na sexta (25) para enfrentar a Holanda, no estádio Internacional Khalifa às 13h. E o Catar fará a segunda partida no mesmo dia a partir das 10h contra Senegal.

Agência Brasil

Rainha Elizabeth II morre aos 96 anos na Escócia

A Rainha Elizabeth II, monarca do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, morreu hoje (8), aos 96 anos, no Castelo de Balmoral, na Escócia. A informação foi divulgada pela assessoria da família real britânica em suas redes sociais e em seu site oficial.

A mensagem publicada no Twitter diz que “a Rainha morreu tranquilamente em Balmoral nesta tarde. O Rei e a Rainha Consorte permanecerão em Balmoral nesta noite e retornarão a Londres amanhã”.

A rainha nasceu em 21 de abril de 1926 e tornou-se herdeira aos 10 anos de idade, depois que seu tio Eduardo VIII abdicou do trono, passando a coroa para o irmão, Rei George VI, pai de Elizabeth. Aos 25 anos, com a morte de seu pai, em 6 de fevereiro de 1952, tornou-se regente. Em 2 de junho de 1953, aos 26 anos, foi coroada rainha do Reino Unido. 

Casou-se em 1947, com o príncipe grego, o oficial da Marinha Philip Mountbatten, e tiveram quatro filhos: os príncipes Charles, Anne, Andrew e Edward. Charles, o mais velho, nascido em 1948, será coroado como próximo rei britânico. 

Foi a rainha que serviu mais tempo como monarca em toda a história do Reino Unido. Segundo informações da família real, ela se envolveu, como patrona real ou presidente, com mais de 600 obras de caridade, associações militares, corporações profissionais e organizações de serviço público. 

Além de servir como rainha do Reino Unido, foi chefe de Estado de outras 14 nações independentes: Austrália, Nova Zelândia, Canadá, Jamaica, Antígua e Barbuda, Bahamas, Belize, Granada, Papua Nova Guiné, Ilhas Salomão, São Vicente e Granadinas, São Cristóvão e Névis, Santa Lúcia e Tuvalu.

Em seu reinado, trabalhou com 15 primeiros-ministros, sendo o primeiro deles Winston Churchill e a mais recente Liz Truss, que assumiu o cargo há poucos dias. 

Agência Brasil

Brasileiro é detido após tentar matar Cristina Kirchner

Um homem foi detido na noite desta quinta (1) após tentar assassinar Cristina Kirchner. O atentado aconteceu quando a vice-presidente da Argentina acenava para apoiadores na frente de sua casa em Buenos Aires.

De acordo com a Polícia Federal Argentina, o suspeito seria o brasileiro Fernando Andrés Sabag Montiel, de 35 anos. Vídeos divulgados por pessoas que estavam no local mostram o momento exato em que o agressor aponta a arma para o rosto de Cristina. Ele chegou a atirar contra a vice-presidente, mas a arma falhou. Seguranças conseguiram deter Montiel com a ajuda de militantes.

Até o momento não há informações sobre as motivações do criminoso.

Ataque a hotel na capital da Somália deixa 21 mortos

Um ataque terrorista ao hotel Hayat deixou 21 mortos na Somália.

“Confirmamos até agora que há 21 mortos e outros 117 feridos”, disse o ministro da Saúde, Ali Haji. “É possível que existam corpos que não foram levados para hospitais, mas foram enterrados por familiares. O número de mortos e vítimas é baseado no número de pessoas levadas para os hospitais”, acrescentou.

O Al Shabaab assumiu a autoria do ataque. O grupo é ligado à Al Qaeda e tenta derrubar o governo somali há mais de uma década. Intenção é estabelecer um governo próprio baseado em uma interpretação estrita da lei islâmica.

O ataque começou na noite de sexta (19). 

Papa Francisco faz apelo por vacinação

Remo Casilli/ Reuters

Agência Brasil

O papa Francisco disse hoje (18) que quem se vacina contra a covid-19 demonstra um “ato de amor” para com os mais frágeis.

O chefe da Igreja Católica afirmou que cabe a cada um contribuir para acabar com a pandemia de covid-19, e que essa contribuição começa com a vacinação.

As declarações do papa foram feitas em mensagem dirigida aos representantes da Igreja Católica na América Latina, no momento em que o número de infecções aumenta em países do centro e do sul do Continente Americano.

Vacinem-se! É o slogan lançado pelo papa, numa campanha que junta arcebispos e cardeais do Continente Americano com a mensagem de que as vacinas são seguras e uma ferramenta fundamental para conter o avanço do novo coronavírus.

Mortes provocadas por terremoto no Haiti chegam a quase 1,3 mil

Passou de 700 para quase 1,3 mil o número de mortes provocadas pelo violento terremoto que atingiu o Haiti no último sábado (14). O tremor teve magnitude de 7,2.

O país caribenho contabiliza quase 15 mil casas totalmente destruídas, e muitas danificadas pelo sismo, que deixou marcas de devastação.

Há mais de 5,7 mil feridos e quase 1,3 mil mortos confirmados.

O terremoto, de magnitude 7,2, que também foi sentido na República Dominicana (com a qual o Haiti divide a ilha de Hispaniola) e em Cuba, ocorreu às 8h29 locais, a cerca de 12 quilômetros da cidade de Saint-Louis-du-Sud, a 160 quilômetros (km) da capital haitiana, Porto Príncipe, com epicentro a 10 km de profundidade. 

Houve uma réplica de magnitude 5,2 a 17 km da localidade de Chantal, também com epicentro a dez km de profundidade, segundo dados do Instituto Norte-Americano de Geofísica.

Rolar para o topo