Denúncias de suposta candidatura laranja do PSB repercutem em Tabira

Repercutiram em Tabira nos últimos dias denúncias de uma suposta candidatura laranja do PSB.

De acordo com as denúncias, Mylenna de Siqueira Almeida concorreu ao cargo de vereadora no pleito de 15 de novembro pelo PSB e não obteve nem mesmo o próprio voto. As suspeitas ganharam força pelo fato da candidata ser nora do presidente municipal do PSB, Pipi da Verdura, que foi eleito vereador com 991 votos.

“O fato de nem a candidata Mylenna ter votado nela mesma, e ainda participando ativamente da campanha do sogro, ratificam as suspeitas de que na verdade ela tenha sido usada como “laranja”, e assim o PSB municipal pudesse driblar a lei e cumprir a cota de 30% de candidaturas femininas”, diz uma das denúncias.

As informações que chegaram ao Blog do Euflávio Nunes dão conta de que o caso foi levado ao conhecimento do Ministério Público. Caso as denúncias sejam comprovadas, a chapa proporcional do PSB pode ser cassada.

Deixe uma resposta