Justiça determina que Celpe se abstenha de realizar cortes de energia em equipamentos públicos de Tabira

A Prefeitura de Tabira ingressou com ação judicial para parcelar o débito de R$ 763.439,02 junto à Companhia Energética de Pernambuco (Celpe).

Em caráter liminar, o magistrado da Comarca de Tabira atendeu o pedido do município e deferiu liminar para que a Celpe “se abstenha de realizar qualquer corte no fornecimento dos serviços de energia elétrica para setores essenciais do município em razão dos débitos consolidados e objetos do presente pedido de parcelamento judicial”.

Nos últimos meses, a Celpe havia intensificado as cobranças pelo pagamento de dívidas antigas, deixadas pela gestão anterior, recusando as propostas de parcelamento oferecidas pelo município, o que justificou o pedido de parcelamento judicial.

Em sua decisão, o juiz abriu vistas ao Ministério Público para apurar eventual improbidade administrativa cometida pela gestão anterior.

Deixe uma resposta