Ministro da Saúde diz que volume de vacinas ainda é insuficiente para atender o Brasil

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta quarta-feira (2) em audiência no Congresso que a capacidade das empresas que estão produzindo a vacina contra a Covid-19 não é suficiente ainda para o atender o Brasil.

“Ficou muito óbvio que são muito poucas as fabricantes que têm a quantidade e o cronograma de entrega efetivo para o nosso país. Quando a gente chega ao final das negociações e vai para o cronograma de entrega, fabricação, os números são pífios. Números de grande quantidade, realmente, se reduzem a uma, duas ou três ideias. A maioria fica com números muito pequenos para o nosso país”, disse o ministro,

A previsão é que o Brasil receba 15 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 em janeiro e fevereiro. Esse número deve chegar a 100 milhões de doses no primeiro semestre de 2021. Para o segundo semestre, estão previstas mais 160 milhões de doses.

Deixe uma resposta