Paulo Câmara anuncia ampliação de anistia de dívidas para motos até 162 cilindradas

Dando continuidade à agenda intensa de compromissos por todas as regiões de Pernambuco, o governador Paulo Câmara esteve, nesta quinta (19), em municípios do Sertão do Araripe, como parte do Plano Retomada – pacote de incentivos para projetos estruturadores no Estado e estímulo à geração de empregos, anunciado no início de agosto. Na visita, o governador anunciou a ampliação do projeto de lei de Anistia e Remissão de Créditos Tributários para proprietários de motocicletas e motonetas. Agora, estão incluídos débitos de veículos com até 162 cilindradas, vencidos até 31 de dezembro de 2020. O projeto inclui o parcelamento e prorrogação de prazo de recolhimento do IPVA, visando oferecer estímulo aos condutores e, indiretamente, fortalecer a economia.

“Nós vamos dar garantia a quem utiliza as motos para o seu ir e vir, para o trabalho, para quem usa com suas famílias, que possa transitar em todas as estradas pernambucanas com a segurança necessária. Esse projeto já está na Assembleia Legislativa. Quem tem motocicleta e não pôde, diante de tanta dificuldade dos últimos anos, pagar seu IPVA e suas taxas, saiba que com a aprovação da Assembleia, de 2020 para trás está perdoado, e 2021, que já venceu, nós estamos prorrogando para o final do ano, dando desconto para quem pagar em parcela única”, explicou Paulo Câmara.

O anúncio foi feito durante evento de inauguração da reforma e ampliação da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Padre Luiz Gonzaga. A obra – orçada em R$ 1,3 milhão – inclui reforma geral da cozinha, adaptação de sala para laboratórios de física e matemática, reforma dos banheiros, ampliação do refeitório e uma cozinha completa com despensas, banheiro dos funcionários e área de serviço. Na escola, Paulo Câmara anunciou a cobertura da quadra e assinou a autorização para licitação de outra, na Escola São João Batista, também em Araripina. A área total é de 772,40 metros quadrados, com cobertura. O governador autorizou ainda a licitação para construção de quadra da Escola Artur Barros Cavalcanti, no município de Bodocó.

Também foi assinada por Paulo Câmara a ordem de serviço para início das reformas e mudanças na Agência do Trabalho de Araripina, que será transformada na Central de Oportunidades de Pernambuco (COPE), reunindo os serviços oferecidos pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação em um só lugar. “A pandemia é um desafio, mas a geração de empregos também é outro desafio enorme. Pensando na retomada, a gente vem acelerar um conjunto de ações que já eram pedidas desde a minha primeira campanha. Agora, nós conseguimos tornar realidade muita coisa. Já autorizamos projetos e início de contrações. O mais importante: o dinheiro já está garantido”, pontuou.

Reforçando a malha viária do Estado, Paulo Câmara assinou a autorização para licitação do projeto da VPE-700. “É uma satisfação acompanhar o governador autorizando projetos importantes de infraestrutura, nesse momento em que a infraestrutura contribui para o desenvolvimento econômico e social do Estado. O Araripe cresceu muito nos últimos tempos, e a infraestrutura vai passar a acompanhar agora”, reforçou a secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista. Foi autorizada ainda a contratação de um terminal provisório para o Aeroporto de Araripina, que passa, no momento, por obras para requalificação da pista. Ao todo, o investimento soma quase R$ 3,4 milhões e é estratégico para fortalecer a aviação regional no Estado.

Antes de dar prosseguimento aos compromissos seguintes, o governador assinou convênio com o projeto Eficiência Produtiva do Gesso, no valor total de R$ 384 mil. Serão beneficiadas 30 empresas de Araripina que atuam neste segmento, com o objetivo de melhorar a eficiência do processo produtivo, a produção, os custos e o tempo de processo. Também foi lançado o Projeto de Conversão Energética das Calcinadoras de Gesso. Outro convênio assinado foi o do Projeto Mãos na Massa, para beneficiar um grupo de 90 mulheres produtoras rurais, de todo Sertão do Araripe, além do município de Cedro, próximo a Salgueiro, totalizando um investimento superior a R$ 283 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *