Prefeitura de Patos decreta situação de emergência e amplia medidas restritivas

O prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, decretou situação de emergência e definiu novas medidas para enfrentamento da pandemia decorrente do coronavírus.

O decreto prorroga as medidas restritivas atuais, suspende a atividade da construção civil e proíbe a prática de atividade física em praças, avenidas e ruas até o dia 31 de maio. 

Também fica determinado que os estabelecimentos públicos e privados que estejam em funcionamento não permitam o acesso e a permanência de pessoas que não estejam usando máscaras. O descumprimento ensejará aplicação de multa de R$ 100,00 por pessoa encontrada no interior dos estabelecimentos, sem prejuízo da apuração de ilícitos criminais.

Os estabelecimentos que desobedecerem as determinação também poderão ter suspenso o alvará de funcionamento por 30 dias, além de cassação por tempo indeterminado.

Deixe uma resposta