Prefeituras do Pajeú aparecem bem avaliadas no Índice de Transparência do TCE

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE) divulgou nesta quinta (19) o Índice de Transparência dos Municípios de Pernambuco (ITMPE 2020). O levantamento foi realizado entre agosto de 2020 e fevereiro de 2021. O objetivo é avaliar os sites oficiais e os portais de transparência das prefeituras e câmaras municipais.

De acordo com o levantamento, das 184 prefeituras do Estado, 74 ficaram enquadradas no nível de transparência “Desejado”, 100 no nível “Moderado”, 6 no patamar “Insuficiente” e 4 no nível “Crítico”. Nenhuma prefeitura ficou enquadrada no nível de transparência “Inexistente”.

O ITMPE 2020 também constatou que 49 câmaras municipais foram enquadradas no nível de transparência “Desejado”, 112 no nível “Moderado”, 18 no “Insuficiente” e 5 no “Crítico”. Da mesma forma que as prefeituras, nenhuma Câmara ficou enquadrada no nível de transparência “Inexistente”.

No Pajeú, tiveram nível considerado “Desejado” as prefeituras de Serra Talhada, Afogados da Ingazeira, Tabira, Triunfo, Carnaíba, Flores, Tuparetama, Santa Cruz da Baixa Verde e Solidão. Já as prefeituras de São José do Egito, Itapetim, Brejinho, Iguaracy, Calumbi e Santa Terezinha foram enquadradas no nível “Moderado”. Apenas Quixaba teve nível “Insuficiente”.

Em relação as câmaras municipais, ficaram com nível “Desejado” Serra Talhada, Afogados da Ingazeira, São José do Egito e Iguaracy. O Legislativo de Brejinho aparece com nível “Moderado”, assim como os de Santa Cruz da Baixa Verde, Carnaíba, Flores e Ingazeira. Já as câmaras de Itapetim, Tabira, Triunfo e Tuparetama ficaram com nível “Insuficiente”. Santa Terezinha teve o único legislativo da região com nível “Crítico”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *