TCE mantém rejeição de Gestão Fiscal de Sávio Torres

O Pleno do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE) julgou Recurso Ordinário interposto pelo prefeito Sávio Torres contra decisão da Segunda Câmara que rejeitou a Gestão Fiscal de 2018 da Prefeitura de Tuparetama.

De acordo com o Afogados Online, Sávio Torres teve a Gestão Fiscal julgada irregular e foi multado em R$ 10 mil por problemas relacionados à consistência e convergências contábeis no respectivo exercício financeiro.

Por unanimidade, os conselheiros mantiveram a rejeição da Gestão Fiscal, assim como a multa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Rolar para o topo